“Se você não fosse meu eu não seria tão… EU.”

“Oh cabelo, cabelo meu, se você não fosse meu eu não seria tão… EU.” Lembram desse comercial?

Nós garotas, desde sempre somos preocupadas com nosso cabelo. Qual o corte ideal, o tamanho, a cor, o penteado… Isso pode nos deixar algumas horas pensativas na frente do espelho… Lógico que tem aquelas moças que são ousadas toda vida, e que tem estilo pra ter o cabelo todo raspado, ou boa parte dele. Tem gente que combina. Mas de qualquer jeito, a gente sempre pensa como deixar o cabelo mais bonito e saudável, e com a nossa cara. Sugestões?

Acho importante hidratar o cabelo. Nada pior do que um cabelo todo quebrado, seco e sem vida.
Acho importante também não só escolher entre os cortes que apontam como sendo ideais para seu tipo de rosto, mas sim um corte que traduza sua personalidade e que te deixe confortável. Por que seguir tudo o que te dizem se você tem seu prórpio gosto? Lógico que uns sábios conselhos não fazem mal, mas seguir passo a passo fervorosamente é meio arriscado, você pode acabar ficando dependente disso e fazer com que isso anule um pouco suas próprias vontades.
Acho importante estar satisfeita com a sua cor. É fato que sempre que uma mulher muda o cabelo ela espera mudar a vida também, se você não está satisfeita com seu visual, com a cor do seu cabelo, com a imagem que você passa, isso vai começar a afetar como os outros te enxergam. Então sempre arrume um jeito de estar feliz com você mesma, você não quer passar o recado de ser triste e deprimida né? E não se iluda se alguém disser que uma determinada cor não fica bem em você, caso esteja em dúvida contate um especialista, porque na verdade qualquer pessoa pode usar qualquer cor, o que varia é o tom que vai te favorecer mais.
Acho importante também não andar todo dia com o mesmo penteado. Imagina que tedioso, todo dia com o cabelo solto na cara, ou preso num nó ou sei lá, às vezes um simples acessório no cabelo pode mudar tudo. Acho que fazer penteados novos, pelo menos duas vezes na semana pra tirar um pouco a cara de sempre, dá um charme no visual inteiro.
Então é isso. Separei algumas sugestões de penteados, escolham o que mais combinar com você e arrasem. :D

Imagem Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

ImagemImagem

Imagem

Espero que gostem, beijinhos.

Por: Carolina Alves.

Anúncios

“Porque música importa.”

Booom dia! Mês passado eu fiz um post sobre shows internacionais que ocorreriam esse ano ainda no Brasil, mas os que eu mais aguardava aconteceram ontem. (Estou deprimida por não ter ido). Algum de vocês conferiu de pertinho, ou pela TV/Internet o 1º dia do Z Festival no RJ?
Eu não conhecia o trabalho do Hot Chelle Rae e nem do Yellowcard, mas eles fizeram um show incrível também. Minha banda favorita também fez uma apresentação, o The Wanted, e embora eu tenha gostado eu preciso dizer que o melhor show de ontem foi o do McFly! Os caras são muito bons! Foram os mais animados, os que mais agitaram o pessoal, fiquei doida com eles. Domingo tem o último dia do festival no Rio de Janeiro, e acho que o pessoal que produziu esse festival acertou muito nas atrações, ficou tudo bem legal. Então, pra começar o dia bem, que tal ouvir uma das músicas que fez parte da set list do McFly? Beijinhos.

Sim, eles tocaram umas músicas mais novinhas, mas acho essa uma das mais legais.

Por: Carolina Alves.

 

Satélite

Fim de tarde.
No céu plúmbeo
A Lua baça
Paira
Muito cosmograficamente
Satélite.

Desmetaforizada,
Desmitificada,
Despojada do velho segredo de melancolia,
Não é agora o golfão de cismas,
O astro dos loucos e dos enamorados.
Mas tão-somente
Satélite.

Ah Lua deste fim de tarde,
Demissionária de atribuições românticas,
Sem show para as disponibilidades sentimentais!

Fatigado de mais-valia,
Gosto de ti assim:
Coisa em si,
– Satélite.

Manuel Bandeira

Aula de literatura sempre me apresentando textos legais, haha.
Por: Isabella Alves