R U Mine?

De vez em quando nos vídeos relacionados no YouTube aparece uma música ou outra que eu acabo gostando…

Anúncios

Usual

No Vale das Sombras Escuras nunca chega a manhã,
Onde caminham afoitas pelas ruas escuras almas repletas de sede e solidão.
Da superfície obscura, até os ossos do dedão,
Com a mais pura amargura retida em seu coração.

Quem cruzará seu caminho?
Quem dormirá sem saber?
Do horror que logo vem vindo, dos sonhos que nunca vão ter,
Que nos pesadelos em que abre caminho, ela está procurando por você.

Corra, cor, ar, corar, correr.
Seus ossos estão desgastados, seus pulmões oscilam sem querer
Seu suor está encharcado pelo medo que a enche de prazer
Seu rosto ruborizado o delata, sem saber.

Um impasse mal resolvido, desfecho rápido virá a ter
Acuado, reprimido, se debatendo para ver
Outro por-do-sol já esquecido, para ouvir os pássaros a dizer
Que pior que o horror de ter morrido, é o de ter passado a vida sem viver.

Carolina Lobo

Maria mole

Tarde ensolarada. Sete minutos até a campainha soar apressada.
Coisas costumeiras, nunca vão ser de outra maneira.
Mais uma porta aberta, e lá está você.
Diário de uma Louca é o que está passando na TV agora.
Bem, na sala somos duas.

Algumas diferenças, mas continuamos iguais,
Você e eu.
Velhas histórias trazem quase sempre boas risadas.
Seis anos se passaram e aqui ainda estamos nós,
Acho que nunca mudaremos. Você ficaria para sempre?

O sol se vai preguiçoso, e você o imita.
Fecho a porta, mas sei que você vai voltar.
Algumas coisas simplesmente foram feitas para durar.
Para onde quer que eu olhe agora, passado ou futuro,
Lá você está.

Fazia tempo desde a última vez que te vi
E preciso que saiba agora,
Que o vento pode continuar a soprar.
Mas no meu coração você
Para sempre ficará.

Imagem

Para minha amiga Roana.

Carolina Alves.