Música

Se vocês ainda não conhecem, esse é o canal do Kurt Hugo Schneider no YouTube, ele produz covers de músicas famosas com cantores que são conhecidos no YouTube ( até mesmo com a Victoria Justice e Elizabeth Gillies)

As versões das músicas no canal dele são bem legais =)

Carolina Alves

Sobre finais

Nem todo fim é uma coisa ruim
Nem todo ciclo é sem fim
Nem todo fim é sinal que acabou
E quando acaba
Não quer dizer que nada sobrou

Estou me sentindo ligeiramente aterrorizada, porque uma coisa que eu venho tentando desde 2010 finalmente se concluiu, depois de mil ideias, mil começos, projetos pela metade, bloqueios criativos. Então quem me acusaria por não estar tão otimista quando novamente embarquei numa ideia repentina?

E quem diria que eu finalmente chegaria ao fim? Depois de achar estar com alguma praga que me impedia de passar do meio?

Além do terror, estou radiante, maravilhada, esperançosa, com um mundo de possibilidades que começa q partir desse fim. Que dá início a segunda parte desse meu objetivo, que, se o Universo permitir, vai levar muito menos tempo pra ser concretizado.

Mas de toda forma, estou feliz, e quis compartilhar isso com todos que eu pudesse alcançar. Boa sorte pra mim, em tentar chegar num novo fim. =)

O que se passa com vocês? ;)

Carolina Alves

Cineminha

Está acabando tanto o mês quanto as férias de muita gente, mas ainda dá tempo de aproveitar. Janeiro teve muitas estreias no cinema, e agora no finzinho dele teve alguns filmes mais esperados (por mim, haha).

No dia 29/01 estava prevista a estreia aqui no Brasil os seguintes filmes (eu queria assistir a todos, mas só alguns estrearam na minha cidade):

  • A Entrevista  comédia e ação, estrelando James Franco e Seth Rogen.
  • A Mulher de Preto 2 – Anjo da Morte terror e suspense. Eu já assisti ao primeiro filme por causa do Daniel Radcliffe, e até que gostei dele. Então achei que valia a pena ver a sequência.
  • A Teoria de Tudo baseado na biografia de Stephen Hawking. Preciso dizer mais alguma coisa?
  • Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) comédia e drama. Eu já tinha me interessado no filme pela sinopse dele e agora sabemos que ele ganhou 9 indicações ao Oscar. A curiosidade só aumentou.
  • Caminhos da Floresta sou fã da Disney. A minha espera para o filme não precisa de mais explicações! Ah, e ainda é uma adaptação de um musical da Brodway: Into the Woods.
  • Cássia Eller desde que eu nasci ouço artistas como Cássia Eller, Raul Seixas, Renato Russo… Então é praticamente regra que eu goste deles e de suas músicas. Eu era muito nova quando ela morreu, mas lembro bem do dia. Enfim, acho super válida a ideia da produção de filmes bibliográficos, já que eu não vivi na época. Mesmo que às vezes distorçam algumas coisas, acho legal assistir por curiosidade.
  • Grandes Olhos baseado em uma história real, o filme conta a história da pintora Margaret Keane, astista famosa dos anos 50. Ela teve que lutar contra o próprio marido no tribunal que afirmava ser o verdadeiro autor de suas obras de sucesso. Dirigido por Tim Burton, e com uma música da Lana Del Rey na trilha sonora.

Eu basicamente disse o porquê do meu interesse em cada filme, resto fica a critério de vocês. Então, que tal um cineminha nesse final de semana?

100 anos de beleza

Eu achei maravilhosa a forma que é  retratado o padrão de beleza de cada década. Cabelo e maquiagem. Primeiro foi publicado o vídeo da modelo branca, mas depois de receber críticas por só mostrar essa etnia, os criadores do vídeo fizeram outro com uma modelo negra. Adorei o resultado de ambos!

Comparação:

Roubado

Admito.

Ando em busca daquilo que pode
Mas o que pode aquilo, que não posso eu
Além de poder?

E em poder, o que teve ele feito
Que não eu
Para merecer?

E quando penso
Terei então perdido
O que busco, sem saber?

E se me foi roubado
O direito a tal poder
O que ele pode, que eu possa tanto querer?

Carolina Alves

Gato

No dia 29 de novembro de 2014, chegou aqui em casa essa bolota de pelos:

IMG_4131.JPG

Uma amiga minha tinha postado essa foto dele na internet, dizendo que ele tinha sido achado e precisava de alguém que ficasse com ele.

Eu só tive um bichinho na vida, que eu me lembre, e foi uma cachorra. Depois que ela não se mudou com a gente eu devo ter ficado traumatizada, porque nunca mais quis saber de nenhum. Passei boa parte da vida, desde então, morrendo de medo de animais. Especialmente gatos. Eu tinha pavor de encontrar qualquer gato de noite. Até que de repente alguma coisa aconteceu e não que eu tenha começado a morrer de amores, mas fiquei mais aberta aos bichinhos em geral.

Mas nunca tive vontade de ter um. Até que eu vi a foto desse gato e mandei uma mensagem na mesma hora dizendo que eu queria (até lembrar do meu pai, que supostamente seria impossível de convencer) e foi isso!

IMG_3093.JPG

Desde então já faz quase dois meses que ele está aqui comigo. Quando chegou, era um filhotinho assustado (esse olho arregalado é permanente, mesmo quando está calmo)! Demorou uns dias pra ele se adaptar. Eu iludida, achando que ele era um bichinho calmo, quietinho, tranquilo… Hahaha

IMG_3157.JPG

Gente, meu filhote é parente do Taz, o demônio da Tasmânia, aquele do desenho que saía por aí comendo e destruindo tudo que via pela frente! Hahaha

Sério! Haja energia pra acompanhar ele! É uma maratona de correr entre os sofás sempre escorregando e se apoiando na gente com aquelas unhas matadoras, destruir as cortinas, todos os bichinhos de pelúcia, atacar os arames de pão, se embolar nos fios, lutar com os lençóis, tentar morar na geladeira (ta, não posso culpar ele por isso nesse clima), guerrear com meus pés, fazer vigia quando vamos no banheiro ou saímos pra rua, tentar casar com o ventilador, morder ou arranhar nossos cabelos!, mastigar as sandálias, destruir as cadeiras… Ufa! Já to cansada só de listar!

Sei que é normal pra um filhote e provavelmente daqui uns dois meses, quando ele só quiser saber de ficar deitado, eu vou sentir falta dessa bagunça toda, mas o bichinho dá uma canseira, viu? Hahaha

Mas é impossível não ser uma Felicia quando olho pra cara dele! Que vontade de apertar, coisinha mais linda!!!! Então gente, essa fui eu, compartilhando minha primeira experiência com animais desde 1912. Vocês também têm algum bichinho? Me contem como ele é!

IMG_3932.JPG

Carolina Alves